Desenvolve a tua Gestão do Tempo


"A falta de tempo é desculpa daqueles que perdem tempo por falta de métodos."

Albert Einstein


Usamos diariamente como desculpa para o nosso comodismo ou para a nossa incompetência na gestão das nossas tarefas a “falta de tempo”. Por mais que nosso dia seja preenchido e a gestão do mesmo seja difícil, se houver força de vontade e amor próprio, tudo é conseguido. Por isso, nada melhor do que investir o nosso tempo em planear o nosso dia a dia.


Faz um exercício mental e reflete no teu dia, onde investes o teu tempo e identifica as tarefas que te trazem valor acrescentado e aquelas que realmente não vale a pena investir.


Confesso que, ainda hoje, fazer uma correta gestão de tempo, dentro de uma vida tão agitada, é um desafio, mas temos que aceitar que é um processo em construção. Concluí que a melhor forma de gerir o meu tempo, é de semana a semana e não num prazo maior, uma vez que se assim for, não é tão eficaz. Assim sendo, apresento-te aqui algumas dicas que funcionam para mim e podem-te ajudar também:

  • Regista os teus compromissos numa agenda, para definires o que realmente te espera e o que é prioritário;

  • Planeia a tua semana, prepara uma lista de tarefas de acordo com a sua prioridade e estima um tempo para a sua realização. Podes mesmo riscar a tarefa quando a concluis, dá um sentimento de recompensa ao seu cérebro, aumentando sua motivação e produtividade. Como uma das tarefas que, no dia-a dia, nos "rouba" bastante tempo é a preparação de refeições, que não devem ser descoradas, prepara previamente os teus alimentos, para que a sua confecção, durante a semana, seja mais fácil e célere;

  • Prioriza as tuas tarefas, de acordo com a urgência e importância, as tarefas que são mais importantes devem ser feitas antes;

  • Acorda mais cedo. Acordar mais cedo permite planear e preparar melhor o teu dia, com mais calma, mais leveza, melhora a tua vitalidade, a tua produtividade e consegues aproveitar melhor o dia;

  • Aprende a dizer não. Muita vezes somos inundados de convites para atividades, jantares, festas, contudo é importante saber definir se esses convites são ou não benéficos para mim, se me trarão valor acrescentado, se eu quero realmente participar nessa atividade. Não devemos ter receio de dizer "não" com receio de julgamento ou rejeição, sabe dizer "não" é um ato de amor próprio;

  • Tira tempo só para ti. Fazer uma boa gestão de tempo é incluir nas minhas tarefas tempo só para mim, para o meu bem estar, para o desenvolvimento do meu amor próprio. Não somos em nada egoístas por o fazer, é um direito do ser humano e o Santo Graal para a nossa sanidade mental. Se temos um tempo só para nós, tudo o resto flui com maior leveza e estamos mais disponíveis para as outras tarefas;

  • Gasta o tempo certo na tarefa. Não prolongues demasiado tempo nas tarefas, não prolongues num dia algo que podes fazer numa hora, leva a tarefa até ao fim e conclui-a.

  • Delega tarefas, aceita e assume que não consegues fazer tudo e delega funções, seja com o teu parceiro (a), filhos, família, amigos, etc;

  • Evita ter imensos projetos ao mesmo tempo, fazer mil coisas ao mesmo tempo, pois dificultará todo o restante processo e não conseguirás distribuir o teu tempo de forma adequada e necessária para outras tarefas.


Dizer que não temos tempo para investir em nós é a mesma coisa que dizer que não temos tempo para meter gasolina porque estamos a conduzir, vamos acabar por sofrer as consequências. Tirar um pouco de tempo da nossa assoberbada agenda para enriquecimento pessoal, vai aumentar, drasticamente, a nossa eficiência.



52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo